quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Textos Judaicos


Justificar um erro é errar outra vez.

 Nada é mais precioso do que a luz; mas o excesso ofusca.

O milagre não prova o impossível; serve, apenas, como confirmação do que é possível.

A força do desejo da carne facilmente vence as barreiras morais do homem insatisfeito.

A arrogância é o reino - sem a coroa.

A calúnia é pior do que as armas de guerra; estas ferem de perto; aquela, de muito longe.

O homem que não sabe controlar-se a si mesmo torna-se absurdo quando quer controlar os outros.

A ganância insaciável é um dos tristes fenómenos que apressam a autodestruição do homem.

Abraços






Nenhum comentário:

Postar um comentário